Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

CAPACETES

SOBRE OS CAPACETES DE CICLISMO

No mundo do ciclismo os primeiros capacetes surgiram em 1880, feitos em cortiça, que na época era o melhor material que tinham a disposição. Em 1900, os capacetes eram bem ventilados feitos basicamente de couro e lã, os ciclistas comentavam que não era muito eficiente contra impactos, mas já evitavam perder as orelhas em eventuais quedas.

Devido o aumento de ruas pavimentadas a velocidade dos ciclistas era maior, aumentando o número de acidentes envolvendo bicicletas, que na maioria causavam ferimentos na cabeça.

Então em 1974 foi dado um grande passo, a Bell Capacetes fabricou o primeiro capacete para ciclismo com a composição de EPS (poliestireno expandido) como material de absorção de impacto e tinham entradas cônicas de ventilação.

Já no começo dos anos 90, foi necessário colocar um casco em torno do EPS, pois quando o capacete recebia um impacto acabava se despedaçando, esses cascos eram feitos de PET e outros plástico, o que fazia o EPS permanecer no lugar quando ocorria o impacto e também ajudava a deslizar no asfalto e pavimentos.

Muita coisa mudou desde sua criação, a preocupação com design, modelos projetados por modalidade, conforto, leveza entre outros aspectos, nos últimos anos surgiram algumas alternativas para substituir o EPS, o qual demora muitos anos para se decompor na natureza, mas ele continua sendo o principal material na fabricação desse item de segurança indispensável.

               

               

_______________________________________________________________________________________________________________

TIPOS DE CAPACETE

URBANO: o modelo mais recomendado para modalidades com risco de queda vertical, também conhecido como capacete “coquinho” ele possui maior proteção na nuca e orelhas. É bastante utilizado pelos adeptos do BMX e Street

               

MONTAIN BIKE (MTB): são capacetes com bastante ventilação, contam com uma aba para proteção do sol e eventuais galhos em trilhas, alguns modelos possuem uma telinha de proteção interna para evitar a entrada de insetos.

               

SPEED: esses modelos são semelhantes ao de MTB, porem não possui viseira, são mais leves e projetados para cortar o vento, oferecendo conforto e boa aerodinâmica. Existem ainda capacetes próprios para velódromo, os quais são bem fechados e testados para vencer da melhor forma a resistência aerodinâmica, alguns possuem um prolongamento na parte traseira e um visor integrado.

               

DOWNHILL: modelos mais pesados que os demais, protegem toda a face e possuem grande reforço do queixo a nuca, indicado para modalidades extremas que envolvem altura e grande velocidade.

               

Cada modalidade tem suas necessidades especificas, por isso existem essas variações de capacetes para atender todos os ciclistas.

 

Caso ainda tenha dúvidas utilize algum dos nossos canais de contato (Chat, WhatsApp, E-mail) que nossa equipe irá te ajudar.